Substituindo Hernane, o atacante Alecsandro mais uma vez deu o seu recado e, com eficiência, "brocou" duas vezes, assumiu a artilharia isolada do Campeonato Carioca e ajudou o Flamengo a vencer o Resende por 3 a 0, neste sábado, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). Com o resultado, o Rubro-Negro conquistou a liderança da Taça Guanabara e deixou muito bem encaminhada a classificação para as semifinais.
Alecsandro marca dois gols contra o Resende e é artilheiro do campeonato Foto: Cleber Mendes/Lancepress


Alecsandro marca dois gols contra o Resende e é artilheiro do campeonato Cleber Mendes/Lancepress


Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/esportes/flamengo-vence-resende-assume-lideranca-do-carioca-11687679#ixzz2u6JC102u 
© 1996 - 2014. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. 
PRIMEIRO TEMPO
O jogo iniciou de maneira sonolenta em Volta Redonda. Ambas as equipes estavam com o "freio de mão puxado", o que não trouxe grande emoções nos primeiros minutos. O Flamengo vinha com Alecsandro na vaga de Hernane e Muralha no lugar de Amaral. A justificativa do técnico Jayme de Almeida era o compromisso de quarta-feira, quando o Rubro-Negro enfrenta o Emelec, pela Copa Libertadores, e Amaral não poderá atuar por estar suspenso.
Aos poucos a partida foi ficando mais solta e ambos os times passaram a criar, o Resende até um pouco mais que o Fla. A equipe da Gávea, porém, teve sorte quando o lateral-esquerdo André Santos cruzou, o goleiro Mauro falhou na saída do gol e Alecsandro, sempre atento, pegou o rebote e estufou a rede.
A partir do 1 a 0, o Flamengo obteve o domínio do jogo e, com calma e explorando a fragilidade do adversário, foi chegando. O trio Everton, Mugni e Elano se entendia e criava jogadas, mas foi numa tabela entre o volante Cáceres e o atacante Alecsandro que o Rubro-Negro chegou ao 2 a 0, quando o camisa 19 soltou a bomba e fez o seu segundo.
Nervoso, o Resende ficou ainda mais exposto com o placar adverso e, por pouco, não saiu de campo no primeiro tempo com um 3 a 0, mas o goleiro Mauro, se redimindo um pouco da falha no gol inicial, fez boa defesa em chute de André Santos.
SEGUNDO TEMPO
Com o jogo na mão, o Flamengo voltou para o segundo tempo de maneira tranquila, disposto a administrar o resultado. Sem afobação, o time continuou buscando o gol. Alecsandro continuava incomodando a zaga do Resende tanto nas jogadas aéreas quanto por baixo, sempre se posicionando bem.
Entregue, o Resende não ameaçava e ainda cedia espaços. Num destes momentos, o lateral-direito Léo Moura aplicou um lindo chapéu no lateral-esquerdo Gérson e enfiou em profundidade para Alecsandro, que tentou bater para o gol, pegou mal na bola, mas ela sobrou em condições para Everton, que chegou concluindo e fez o terceiro.
Após o 3 a 0, o Rubro-Negro diminuiu o ritmo e tratou de se preservar, já pensando no compromisso pela Libertadores, quarta-feira, no Maracanã. O técnico Jayme de Almeida então sacou Elano e Alecsandro e colocou os jovens Negueba e Nixon, mas a partida pouco se alterou até o apito final.
Sem sustos e se dando ao luxo de, muitas vezes, poupar os titulares, o Flamengo vai encaminhando sua tranquila classificação às semifinais do Campeonato Carioca.
FICHA TÉCNICA
RESENDE 0 X 3 FLAMENGO
Local: Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)
Data-Hora: 22/2/2014 - 18h30
Árbitro: Pathrice Maia (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Andréa Izaura Maffra (RJ)
Renda/público: R$ 53.285,00 / 1.786 pagantes e 2.792 presentes
Cartões amarelos: Gerson, Marcelo Régis(RES)
Cartões vermelhos: Nenhum.
GOLS: Alecsandro, 22'/1ºT (0-1); Alecsandro, 34'/1ºT (0-2); Everton, 24'/2ºT (0-3)
RESENDE: Mauro; Marcelo, Thiago Sales, Admilton e Gerson; Léo Silva, Hiroshi (Filipe Alves, 35'/2ºT), Marcel e Dudu; Clebson (Bruno Gallo, 30'/2ºT) e Geovane Maranhão (Marcelo Régis, 17'/2º). Técnico: Aílton.
FLAMENGO: Felipe; Léo Moura (Léo, 44'/2ºT), Wallace, Samir e André Santos; Cáceres, Muralha, Everton, Elano (Negueba, 35'/2ºT) e Mugni; Alecsandro (Nixon, 39'/2ºT). Técnico: Jayme de Almeida.

Lancepress!